Páginas

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Consentir sem sentir

- Eu sinto falta dos seus beijos
disse a ela,meio afoito.
- Mas nos nunca nos beijamos
respondeu,diretamente
- Porem, eu os imaginava
- Sinto falta do seu sorriso
- Mas eu nunca sorri pra você
- Ainda assim, eu te via sorrir para o espelho
- Enfim, eu sinto a sua falta.
- Mas eu nunca fui sua.
E ele finalmente se calou.

5 comentários:

Marcelo Mayer disse...

amar é frustrante

Bárbara disse...

amor indiferente também

b disse...

Você continua a ser inspiração.
:*

Clara disse...

amar é absurdo

Yasmin Souza disse...

há quem diga que amar é para fracos,mas enfim todos somos fracos e entregamos facilmente á ele,até por um belo sorriso...