Páginas

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Sóbrio

Você vai alegar que eu estava bêbado
que o som estava alto
e que a luz me impedia de ver seu rosto
Que era uma noite estranha
e que nossos corpos estavam cansados
Vai inventar todos os vetos possiveis
E quando não lembrar mais nada
vai se aproximar e me beijar
como se eu estivesse sóbrio.

Um comentário:

Carol Ocampos disse...

Você estava bêbado, e o som estava alto... hehehe