Páginas

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Intimidade

Não há intimidade entre acertos
Tudo que salta não volta
Todo coração solto é perdido
Não há intimidade entre erros
O que não volta não muda
O que não vai não me transforma
a coincidencia torna as coisas eternas.

Um comentário:

AVOGI disse...

olá IURI
cheguei aqui À procura de rimas na net e surpreendo-me com estes textos cheios de graça kis :=)