Páginas

sábado, 30 de janeiro de 2010

Desaparecer

Ando pendendo
ao arrependimento
não chorarei
sobre o amor derramado
amor descarado
quero desaparecer antes de perecer
antes de perceber,que o passado
não me pertence mais
eu pertenço a algo muito mais intenso
que a propria vida
extenso saber sobre mim
Tento me focar
mas as coisas,ainda estão em preto e branco.

2 comentários:

Mariah disse...

o meu passado a mim pertence...e a mais ninguém.

irreverente, Eu; disse...

Eu queria saber desaparecer, mas acho que falta cor.

Adorei, iuri!
(sem fazer social, hein!)