Páginas

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Obrigado

Eu agradeço por ser minha
E é do meu agrado ser teu
Eu agradeço por me engrandecer
E por agredir meu medo
Eu agradeço pela agradável companhia
E pelo gradual carinho
Agradeço pela graça
E por agregar vida em meu peito
Agradeço por engrenar meu sonho
E por todo gracejo
Sou grato ao seu grito que me fez acordar
E por tudo isso
Gracias

5 comentários:

Erica Vittorazzi disse...

Que lindo, Iuri.

Daniela Yoko Taminato disse...

Inspiração a mil! Belo, belo, belo...

Bárbara disse...

*Grandes grunidos de um comentário grotesco*

Tey Alexandre SilFonSoares disse...

Muito bonito, fruto de um momento de inspiração... Poderias ver o meu blog e ver os meus poemas para opinar se eu levo jeito?

www.teyalex.blogspot.com

clika em poemas nas etiquetas... para veres todos...

já sou teu seguidor... queres ser o meu trigésimo?

Bruna disse...

parou por aqui pra sempre?