Páginas

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Sorriso

Seu sorriso
precede a origem do belo
esconde um poema de neruda
notas de Bach em seus lábios
Seu sorriso
confina a beleza do mundo
Não é por estética
mas por bem estar
Em seu sorriso nasce a Venus
prove prazer
é recompensa simetrica do meu desejo
Seu sorriso contextualiza minha alegria
e me faz vitima de um amor proibido.

3 comentários:

Natália Corrêa disse...

eu fotografei um sorriso desse uma vez, mas as notas de bach ficaram mudas...
desde então eu vago por aí procurando outro. Dessa vez, levo também o meu gravador.

irreverente, Eu. disse...

acho que todo o sorriso precede do belo!
Fato,
adorei, como de costume.

;)

Erica Vittorazzi disse...

Lindo, Iuri.
não esqueci do nosso clube.
mando notícias.
beijo