Páginas

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Andando com Montenegro

Eu ando assoviando poesias
E recitando filmes

Eu ando atravessando ruas
Como em uma capa dos Beatles

Eu ando pisando nas gramas
Pois como disse o poeta, meus pés não estão no chão.

Eu ando por entre sonhos
E me encontrando com van goh
Como se estivesse em bando
Eu ando só



Ando marcando o passo
Enquadrando quadras
Ando lendo canções pop
E escutando o transito impressionista

Ando evitando o caos
E evitando os cães
Placas de avisos
Literatura de alardes


Às vezes ando hilário
Como se Chaplin.perdesse o horário
Em outras,ando sem ritmo
Passista sem escola


Ando em câmera lenta
Narrativa de Deus
Em seu plano seqüência



Ando sem trilha sonora
Cortes em esquinas
Editadas pelo que convém


Ando assim
Com beijo de namorada
Mas sem pódio de chegada.

2 comentários:

equilibrista. disse...

"Como se estivesse em bando
Eu ando só"

você é simplesmente genial ;*

Nathane Dovale, disse...

tem um pódio aqui, e uma namorada... posso te ceder!