Páginas

domingo, 30 de maio de 2010

Amanda

Ao nascer,Amanda tentou se engasgar com uma dessas balas de gomas,mas nao obteve sucessso.Já maiorzinha tentou enfiar os dedos na tomada,mas seus dedos eram grandes demais para entrar no buraco.Amanda cresceu aos trancos e barrancos,mais trancos do que barrancos,e aos 11 anos,pulou da janela, e por sua sorte caiu na sua laje.Tods essas tentativas frustradas,deixaram Amanda ainda mais triste com a vida,se a vida nao servia nem para morrer,para que servia entao?E asssim sucessivamente,comer manga,depois pular na piscina,eoutras tentativas,Até que Amanda,com seus 19 anos,encontrou um rapaz,mais precisaente,o amor de sua vida.E encontrou nele,a vitoria,que esperava.

Um comentário:

Isabela Ferreira Costa disse...

Eu não fui mais a mesma pessoa depois que parte de mim ''morreu'' como Amanda!

Aquele que está sempre reclamando de problemas tolos, ainda não conheceu o amor.