Páginas

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Determinados Momentos

Eu não me reconheço
Assim tão fácil
Em notas que vão ao descaso
E trazem luzes efêmeras

Eu me disperso
Em vão
Em troca
De drama

Eu busco as cores mais
Indefinidas
Para não ter horror
A elas
Quando você se despedir

Faço metáforas
De indecisões
E me distraio
Com as imperfeições

Eu me ajeito
Meio sem jeito
Em explicações
Inteligentes

Talvez
De um modo
infantil
e Lúdico

2 comentários:

rafa mazzarolo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
equilibrista. disse...

Esse me conquistou *-*
queria colocar no meu profile.