Páginas

sábado, 12 de abril de 2008

Acervos

Vinis riscados de ceticismo
Fotografias em frenesi
Livros em paisagem de bordeis

Minúcias em código de barras
Vícios em cor de batom
Mitologias em linhas telefônicas

Cinema em tabuleiro
Sonhos com cheiro de talco
Desilusões tragadas em cigarro

Sexo em notas musicais
Prazer teleguiado
Fantasmagoria o chão de confete.

Teatro em móbiles
Sarcasmo na gastronomia
Bem estar nas avenidas.

Devaneios na noite paulistana
Córregos de poesia
Disney marginalizado

Noite paulistana
Inspiração.

Um comentário:

mah_sefrian disse...

são paulo, se não é nada demais simplismente é tudo
sajiodiaosjdioapsjdo
te amo lindo
perfeita a poesia meudeus
perfeita meeeeesmo