Páginas

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Céu

Seus olhos tatuam
algo de invisivel no ar
e só o que é invisivel,é imperecivel
Evasiva minha vontade de te fazer sorrir
Sua voz,atravessa minha veia
e carrega o meu peito
as cores em seu corpo
as linhas,os desenhos
perpetuam sua beleza
e faz dela
a estética perfeita.

2 comentários:

Maria Augusta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luara Q. disse...

vc escreve mt bem!