Páginas

domingo, 8 de julho de 2007

O começo

O começo




Eu não sei por qual motivo as pessoas começam a escrever,talvez tristeza,melancolia,ou apenas uma válvula de escape mesmo,mas eu comecei a escrever por amor as mulheres, mas não esse amor que todo garoto tem por uma menina,eu quase sempre acho que um cara nunca ama uma mulher de verdade,o ser mulher sabe?ele ama o corpo da mulher,mas ele não ama seus gestos,ele ama o que ela pode fazer com ele,mas não ama suas manias,enfim quando escrevi minha primeira poesia,rimando dor com amor,claro,por que todo poeta se assim pode dizer,tem que ter uma poesia rimando dor com amor,quando escrevi essa primeira,vi que os olhos da minha mãe brilharam e que ela se derreteu como manteiga,ao ver aquilo com um 11 anos de idade,percebi que seria uma boa maneira de conquistar as mulheres,e como fui sempre fui tímido,seria uma boa tática para derreter outros corações,daí não parei mais de escrever,lembro da minha primeira tentativa,fiz a poesia,coloquei muitas promessas,não qual acho que nunca poderia cumprir na época,como fugir com ela só nos dois.como assim eu tinha 12 anos,coloquei também que por ela eu era capaz de enfrentar o mundo,sendo que eu não era capaz nem de enfrentar o Fernando,que era o garoto mais forte da escola,e o mais alto,e como sempre fui baixo,preferia não encará-lo, então depois de ter escrito todo esse amor no papel,me levantei da minha carteira e deixei embaixo da dela,aonde se guarda o material,ela não estava sentada lá,estava ajudando a professora a passar a matéria,ta pensando o que?todos meus amores foram intelectuais.

continua..

3 comentários:

Juh Ramos disse...

Boa!

Nã conhecia esse seu lado...
Não o lado de ser assim...o lado de assumir isso


Amei

yara b . disse...

todo o meu amor foi incondicional...

Ramon Chaves disse...

Interessante, diz que escreve por uma amor diferente ,mas começou a escrever por causa de amores comuns.Mesmo assim ,achei bom!