Páginas

quinta-feira, 22 de março de 2007

Declaração

Sim, estou anunciando a minha vida.
Declarando-a livre, e solta, voando em novos ares, pousando em novas mãos, e morando em novas bocas.
Eu declaro iberdade a minha palavra, estou renunciando ao silencio, para fazer do mundo,minha privacidade.
Não sinto que serei roubado, mas sinto que serei identificado como exemplo para seus sentimentos que você, acha que são tão únicos.
Mas digo também que não serei mais um, nao vou falar de verdades absolutas, e nem de sonhos impossíveis, tentarei ao máximo me enquadrar no que acredito e no que estou para sentir, fazendo dessa minha inauguração, apenas mais uma etapa, e fazendo dessa etapa uma grande invenção.

Um comentário:

Daniela Yoko disse...

Ruptura e Inauguração.

Duas palavrinhas que vieram na minha mente ao ler seu texto.
Nem preciso dizer que achei genial!!!

Espero mais posts, e anuncio que esse blog já começou bem!!!